• Rafael Bernardino

Como fazer do local de trabalho híbrido um sucesso

Como os líderes de TI podem implementar políticas híbridas e remotas que beneficiam funcionários e empregadores a longo prazo?


À medida que a Covid-19 continua sua disseminação errática ao redor do mundo, com vacinações ajudando a diminuir os casos em algumas áreas, enquanto as variantes geram picos em outros lugares, muitas organizações estão ocupadas fazendo planos para que seus funcionários retornem ao escritório. O que era normal para o escritório 18 meses atrás, no entanto, dificilmente será a realidade para a qual a maioria dos funcionários voltará.



Os funcionários de escritório experimentaram os benefícios do trabalho remoto e muitos não desejam retornar ao trabalho diário, embora a maioria gostaria de passar parte da semana de trabalho no escritório. Ao mesmo tempo, as empresas perceberam que os funcionários são mais produtivos trabalhando em casa e perceberam que há grandes economias de custo ao reduzir o tamanho do espaço de escritórios em cidades grandes e caras.



Algumas organizações já tomaram a medida drástica de fechar todos os seus escritórios e tornar seus funcionários trabalhadores domiciliares permanentes. Muitas outras estão planejando adotar um modelo de local de trabalho híbrido, onde alguns funcionários podem estar totalmente remotos, alguns podem trabalhar no escritório em tempo integral e a maioria vai dividir seu tempo de trabalho entre o escritório e a casa (ou outro local remoto) de alguma forma que seja adequado para eles e seu empregador.



Muitas empresas provavelmente nunca tiveram uma política oficial de home office não induzida pela pandemia em vigor, muito menos uma estrutura de trabalho híbrida estabelecida. Mas implementar uma política de trabalho remoto não precisa ser assustador, diz Darren Murph, chefe de Controle Remoto do GitLab. Na verdade, ele observa, muitas grandes empresas já estavam no meio do caminho antes da pandemia.


Fonte: https://computerworld.com.br/

3 visualizações0 comentário